sexta-feira, 28 de outubro de 2011

PABLO NERUDA - A Educação do Cacique

A educação do Cacique
Pablo Neruda (Chile, 1904-1973)

Tomou as lentidões do Outono
Trabalhou nas guaridas invisíveis
Dormiu nos lençóis de nevasca
Igualou a conduta das flechas
Bebeu o sangue agreste dos caminhos
Arrebatou o tesouro das ondas
Fez-se ameaça como um deus sombrio
Comeu em cada cozinha do seu povo
Aprendeu o alfabeto do relâmpago
Farejou as cinzas esparzidas
Embrulhou o coração com peles negras
Decifrou o espiral fio da fumaça
Construiu-se de fibras taciturnas
Azeitou-se com a alma da azeitona
Fez-se cristal de transparência dura
Estudou pára-vento de furacão
Combateu até apagar o sangue

Só então foi digno do seu povo.

(in: Canto Geral)

Nenhum comentário:

Postar um comentário